No 40.º aniversário da Visabeira, o Grupo altera o seu modelo organizacional

No 40.º aniversário da Visabeira, o Grupo altera o seu modelo organizacional

Os 40 anos da Visabeira foram assinalados em plena pandemia provocada pelo Covid-19. A empresa abrandou o ritmo em muitos dos seus setores, mantendo, contudo, a atividade quase plena na área das telecomunicações, quer em Portugal, quer nos restantes países onde está presente.

A cerimónia de aniversário foi, por isso, meramente simbólica, com os principais responsáveis - Fernando Nunes, Fernando Daniel Nunes e Nuno Marques, a cortarem o bolo festivo que marcou as 4 décadas da empresa, hoje, um dos principais polos dinamizadores da atividade económica na região Centro, de onde é originário, mas, igualmente, com incontornável e reconhecido peso na economia, contribuindo, substancialmente para o volume de exportações do país.

Um pouco por todas as latitudes, os 40 anos da Visabeira foram sentidos pelos colaboradores. 

Leia, aqui, a mensagem enviada aos colaboradores assinada por Fernando Nunes e Nuno Marques.

Em notícia de destaque, José Luís Nogueira, um dos colaboradores ligado ao Grupo quase desde a primeira hora, recorda, num artigo por si assinado, os marcos de maior destaque nestes 40 anos de vida.

Grupo Visabeira - novo modelo organizacional

Coincidindo com o cumprimento dos 40 anos de existência da companhia, o Grupo Visabeira implantou um novo modelo governativo, numa conceção dualista, suportada pela criação do Conselho Geral e de Supervisão, presidido por Fernando Nunes, que integra, ainda personalidades como Jorge Coelho, José Carrilho, Figueiredo Lopes, João Macedo e António Jorge Costa, e pelo Conselho de Administração Executivo, liderado por Nuno Marques, sendo complementado pelos administradores António José Borges, Alexandra Lopes, João Castro e Fernando Daniel Nunes, que pela primeira vez assume um cargo na administração do Grupo.

Este novo modelo de governação tem como objetivo garantir uma orientação que cria uma maior e mais clara separação entre funções executivas e de supervisão e, simultaneamente, reforçar a autonomia e participação dos independentes na supervisão. Pretende ainda com esta matriz organizacional estar cada vez mais focado na maximização do rigor e na otimização dos recursos.

No contexto deste novo modelo governativo, a gestão da Sociedade deixou de ser de competência exclusiva de um órgão de administração, passando a ser partilhada entre Conselho de Administração Executivo e Conselho Geral e de Supervisão. 

Ao Conselho de Administração Executivo compete gerir os negócios e representar a Sociedade perante terceiros e ao Conselho Geral e de Supervisão compete apreciar previamente o plano estratégico da Sociedade, os projetos de transformação societária, aquisições e alienações de valor económico ou estratégico significativo e a fiscalização e acompanhamento permanente das atividades do Conselho de Administração Executivo.

Consulte, aqui, o organograma 2020 com o detalhe das nomeações do novo modelo organizacional para o ano 2020, integrando as funções essenciais de administração e as principais funções das direções, chefias de departamentos e chefias de serviços, dos serviços partilhados e das diferentes áreas de negócio do Grupo Visabeira.

Newsletter de novo consigo

A pandemia que levou o país a uma prolongada quarentena, e à estagnação da atividade empresarial, motivou, também, que a newsletter My Visabeira tivesse um período de paragem na sua difusão.

Numa altura em que a atividade do Grupo Visabeira tende para a retoma total, voltamos a dar corpo às notícias que são o reflexo da atividade das empresas da nossa companhia. Nesse sentido, e dada a relevância de algumas das notícias, decidiu a redação manter a sua presença nesta edição de julho.

 

 

 

 


Viatel (Sede)

Rua do Palácio do Gelo, nº1
Palácio do Gelo Shopping, piso 3

3500-606 Viseu - Portugal

T. +351 232 483 000

F. +351 232 483 000